Meu querido Vlado

Meu querido VladoAlguns V O Parar No Olho Do Furac O Por Vontade Pr Pria Outros Chegam L Por For A Das Circunst Ncias Foi Que Aconteceu Com Vladimir Herzog E Comigo Desde Seu Primeiro Dia De Trabalho Na TV Cultura Onde Assumira A Dire O De Jornalismo, Me Entregando A Chefia De Reportagem Vlado Tornou Se O Alvo Preferencial De Uma Campanha Que Procurava Apresentar A Emissora Como Estando Sob O Perigoso Controle Dos Comunistas, A Servi O Da Subvers O Internacional Vlado E Eu Ramos, Realmente, Militantes Do Ent O Clandestino Partido Comunista Brasileiro, Mas O Projeto Dele Para O Jornalismo Da Cultura Era Claro, Cristalino E Fora Previamente Aprovado Pelo Governo Do Estado O Anticomunista Bab O De Alguns Jornalistas, Deputados E Delegados Estava A Servi O Da Opera O Secreta Que Buscava Liq Idar O Chamado Partid O E Enquadrar Os T Midos Intuitos De Abertura Pol Tica Do General Geisel, Insuport Veis Para Os Militares Da Chamada Linha Dura Nos Restava Pouco A Fazer Diante Daquela Singular Conjuga O De Fatores E Acabamos Indo Parar Naquilo Que Os Pr Prios Agentes Do Doi Codi, O Todo Poderoso Organismo De Repress O Pol Tica Definiam, Orgulhosamente, Como A Sucursal Do Inferno Junto Com Dezenas De Companheiros, Fui Preso Dia 17 De Outubro De 1975 Uma Semana Mais Tarde, Uma Equipe Do Doi Codi Foi Cultura Prender O Diretor De Jornalismo.Sob A Promessa De Se Apresentar Na Manh Seguinte, Vlado Dormiu Em Casa Na Manh Seguinte, Cumpriu O Combinado Horas Mais Tarde, Estava Morto Para Encobrir O Assassinato, Forjaram Seu Suic Dio Por Enforcamento Mais Uma Na Longa S Rie De Mentiras Com Que Os Militares Tentavam Ocultar O Que Ocorria No Por O Do Regime Mas, Pela Primeira Vez Depois De Muito Tempo, A Sociedade Reagiu Uma Morte Sob Tortura O Que Este Livro Relembra, 30 Anos Mais Tarde, Na Esperan A De Registrar, A Partir De Um Ponto De Vista Pessoal, Um Pouco Da Hist Ria De Meu Querido Vlado E Do Sonho Da Nossa Gera O. Mesmo com tantos relatos j publicados sobre esse per odo, o livro interessante por focar na hist rica do assassinato do Herzog, fato que muito negativo para o aparato repressivo da poca H um document rio bem interessante sobre a hist ria do Herzog Vale tamb m assistir.